10 lugares mais assombrados do mundo

Quando se trata de assombrações, os cemitérios são considerados parques de diversões comparados aos lugares que vai passar a conhecer. Se não acredita em fantasmas, prepare-se pois está prestes a mudar de opinião.

Descubra os 10 locais mais assombrados de sempre:

10 Abadia de Thelema, Itália


Thelema faz parte de uma religião criada por Aleister Crowly no início do século passado, esta para alguns significava amor e responsabilidade individual, mas para outros, quando passada para o inglês, significava “A Grande Besta 666″. Os rituais que aconteciam na abadia eram extremamente bizarros, desde orgias satânicas à ingestão de sangue de gatos. As pinturas das paredes remetiam para cenas de natureza sexual e uma delas continha um poema que dizia ” Apunhale o meu cérebro com o seu sorriso demoníaco. Mergulhe-me em conhaque e cocaína”. No ano de 1923, Raoul Loveday acabou por falecer na abadia e há quem diga que ele continua por lá.

9 Castelo de Edimburgo, Escócia


É uma construção do século XII e serviu como fortaleza militar. Hoje em dia é um dos maiores pontos turísticos do país e frequentemente visitado por se encontrar assombrado, visto que foi palco de acontecimentos como assassinatos e condenações à fogueira. Em 2001, foi realizada uma das maiores pesquisas paranormais que contou com a presença de 240 voluntários e 9 pesquisadores, que entraram na fortaleza para registarem algum tipo de atividade sobrenatural. Metade dos participantes sentiu fenómenos, como a queda de temperatura de forma repentina, a sensação de a roupa ser puxada, sentirem-se observados e também a presença de figuras sombrias.

8 Casa Ridle, Estados Unidos


Antes de ser considerada uma residência, este imóvel, encontrava-se situado em frente a um cemitério, era usado para acolher funerais e também para acolher os porteiros que cuidavam da necrópole. No século 20, Karl Ridlle que era o administrador da cidade, passou a viver ali. Apesar de vários relatos de aparições na casa por parte de um ex-porteiro de nome Buck, esta só se tornou realmente famosa devido ao suicídio de um dos empregados de Ridlle, que aconteceu no sotão da casa. Os funcionários relatavam barulhos de correntes sendo arrastadas e também vozes na escada. Nos anos 80, a casa mudou de localização e foi transferida para outra zona, mas embora esta tenha sido levada, também o que ele continha lá dentro seguiu com ela e por isso as obras de reconstrução da residências acabaram por ficar paradas durante 6 meses.

7 Casa Whaley, Estados Unidos


É conhecida como um dos lugares mais assombrados dos Estados Unidos e foi o local escolhido por Thomas Whaley para construir a casa ideal para a sua família, mas infelizmente não foi o local mais adequado até porque se encontrava situado na zona de enforcamento da cidade. Contudo a história da família também não é melhor porque envolve mortes e suicídios. Um dos fantasmas que se encontra presente na casa é o ladrão Yankee Jim Robinson que acabou por morrer enforcado antes de a mansão ser construída. Hoje em dia os relatos são da presença de Thomas e de Anne pela residência, bem como da filha ruiva do casal e de uma menina que acabou por ser enforcada acidentalmente. A casa foi transformada num museu e muitos dos seus visitantes dizem que sentem perfume e fuma de charuto no ar.

6 Pluckley, Inglaterra


Em 1989, esta vila entrou para o livro do Guiness como o lugar mais assombrado de Inglaterra. Existem 12 fantasmas que já foram vistos diversas vezes por aqui. A fama de a cidade se encontrar assombrada é tão grande, que muitos turistas continuam a visitá-la principalmente no Halloween. Em 2009, este foi proibido para que não existissem confusões com o sobrenatural.

5 Floresta de Aokigahara, Japão


O Japão é considerado o país com a maior taxa de suicídio do mundo e é nele que se encontra a floresta de Aokigahara, mais conhecida como a floresta do suicídio. O lugar é extremamente famoso por aqueles que querem acabar com a sua vida e todos os anos chegam a ser encontrados 100 corpos de pessoas entre as árvores. Na entrada da floresta existe uma placa para que quem lá passe acabe com a ideia de por fim à vida.

4 Mansão Winchester, Estados Unidos


Esta é sem dúvida uma das histórias mais estranhas, não pelo fato de ser assombrada, mas sim pela assombração que causou à protagonista, Sarah. Wichester foi uma das armas mais famosas do oeste americano do século XIX o que acabou por render uma pequena fortuna à família. Sarah casou-se com o filho do dono da empresa e após a morte do seu marido acabou por herdar toda a sua fortuna, mas o problema é que não foi só isso que ela herdou. Após ficar viúva, passou a ouvir barulhos, gritos e pancadas por toda a casa e acabou por procurar uma medium que a aconselhou que mudasse de casa. O que aconteceu a partir daqui foi a construção da sua nova residência que só parou 38 anos depois do seu início e a qual contou com 160 quartos, 2.000 portas, 10.000 janelas, 47 escadas, 47 lareiras, 13 casas de banho e também 6 cozinhas.

3 Catacumbas de Paris, França


No século XVIII, mais propriamente na segunda metade do século, os cemitérios de França ficaram demasiado cheios e começaram a ameaçar a saúde da população, uma vez que espalhava as doenças pela cidade. A solução encontrada, foi transferir os mortos para os caminhos subterrâneos que tinham sido criados como acessos às pedreiras da cidade. Os ossos eram tantos que a mudança demorou cerca de dois anos até estar terminada e formar-se o que hoje é conhecido como as Catacumbas de Paris. Muitos dos visitantes, confessaram ouvir vozes, terem a sensação de ser perseguidas, sentirem queda de temperatura e algumas foram mesmo agarradas e estranguladas.

2 Reitoria de Borley, Inglaterra


A casa foi construída no ano de 1862 para receber a família do referendo Henry Dawson Ellis Bull e logo passado um ano começaram a acontecer coisas estranhas na casa. Quem lá morava referiu que ouvia passos, pancadas e vozes. Em 1892 Henry acabou por falecer e o filho acabou por tomar posse da casa, mas as assombrações não acabaram por ali. Em 1930 estas manifestações passaram a ser agressivas, com o aparecimento de mensagens nas paredes, objetos arremessados e também incêndios. Acabou por ser destruída em 1939 quando pegou fogo.

1 Amityville, Estados Unidos


No ano de 1965 a família Defoe adquiriu uma casa em Amityville e colocaram uma placa na entrada que dizia “grandes esperanças”, mas embora fosse este o desejo da família, para um dos filhos, Ronald Junior, não o era. Em 1974, mais propriamente durante a madrugada, Ronald assassinou toda a família, pai, mãe, duas irmãs e dois irmãos, a tiros e depois deste acontecimento foi condenado a prisão perpétua. Alguns meses depois a família Lutz mudou-se para a casa e sabendo o que se tinha passado, optaram por abençoar o lugar. Durante a benção, o padre ouviu num dos quartos alguém dizer “vai te embora”, mas achou que não devia dizer nada à família. O que acabou por acontecer naquela casa foi tão intenso e assustador que depois de 28 dias os Lutz acabaram por sair de lá. Entre objetos que voavam pelos quartos, lodo verde nas paredes, crucifixos ao contrário, vozes, barulhos e até a levitação, estes foram alguns dos acontecimentos que levaram à saída da família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.